Canção do Soldado

 

Nós somos da Pátria a guarda, 
Fiéis soldados, 
Por ela amados. 
Nas cores da nossa farda 
Rebrilha a glória, 
Fulge a vitória. 

Em nosso valor se encerra 
Toda a esperança 
Que um povo alcança. 
No peito em que ela impera, 
Rebrilha a glória, 
Fulge a vitória. 

Estribilho 
A paz queremos com fervor, 
A guerra só nos causa dor; 
Porém, se a Pátria amada 
For um dia ultrajada, 
Lutaremos com valor. 

Como é sublime saber amar! 
Com a alma adorar 
No torrão onde se nasce. 
Amor febril 
Pelo Brasil, 
No coração não há quem passe! 

Quem sente no peito invicto 
Ardor intenso, 
Amor imenso, 
Veste a farda e convicto, 
E brilha a  glória,
Fulge à vitória. 

Dotado é de alma forte 
Quem orgulhoso, 
Vem desejoso 
Afrontar a própria morte: 
E brilha a glória, 
Fulge  à vitória!

 

 

 

 


Estribilho
A paz queremos com fervor, 
A guerra só nos causa dor; 
Porém, se a Pátria amada 
For um dia ultrajada, 
Lutaremos com valor.

Letra:

F. Saluviti

 

Música:

Ismael Euclides C. Maranhão

 

 

CD - O Grito da Independência

Conjunto Musical da Polícia Militar do Estado de São Paulo.