Hino dos Aviadores

I
Vamos filhos altivos dos ares
Nosso vôo ousado alçar,
Sobre campos, cidades e mares,
Vamos nuvens e céus enfrentar.

II
D'astro-rei desafiamos nos cimos,
Bandeirantes audazes do azul.
Às estrelas, de noite subimos,
Para orar ao Cruzeiro do Sul.


Estribilho 2X
Contacto! Companheiros!
Ao vento, sobranceiros,
Lancemos o roncar
Da hélice a girar.

III
Mas se explode o corisco no espaço
Ou a metralha na guerra, rugir
Cavaleiros do século do aço,
Não nos faz o perigo fugir.


IV
Não importa a tocaia da morte
Pois que a pátria, dos céus no altar
Sempre erguemos de ânimo forte,
holocausto da vida, a voar.


Estribilho 2X
Contacto! Companheiros !
Ao vento, sobranceiros,
Lancemos o roncar
Da hélice a girar.

Letra:

Capitão Armando Serra de Menezes

 

Música:

Tenente João Nascimento

 

 

CD - O Grito da Independência

Conjunto Musical da Polícia Militar do Estado de São Paulo.